Buscar

Trabalhos de edificação da Catedral Cristo Rei avançam com a ajuda dos fiéis


Edificadas as paredes e laje da Capela Santa Teresinha

A Capela Santa Teresinha, dedicada à oração, começa a ganhar forma. A laje e as paredes da Capela já foram edificadas no setor F, sob o templo principal da Catedral Cristo Rei – a Tenda da Paz. Em uma área já construída de 700 metros quadrados, estará também a Cripta Jesus Ressuscitado – um memorial com painéis interativos que contarão a história da Arquidiocese de Belo Horizonte e de seus padres, bispos e arcebispos.


Bases para o Pórtico da Justiça As paredes 35 e 36 foram concluídas recentemente, constituindo o auditório da Catedral Cristo Rei, que terá 800 lugares. Essas paredes são a base que sustentará o Pórtico da Justiça, no lado sul da Catedral Cristo Rei. Os Pórticos da Verdade e da Justiça, que remetem a mãos postas em oração sobre o globo, terão 100 metros de altura, tamanho equivalente a um prédio de 33 andares.



A próxima etapa: o piso da Tenda da Paz Os trabalhadores que se dedicam à obra da Catedral Cristo Rei já preparam a montagem dos suportes necessários para a construção de uma estrutura que terá significado especial: a laje do auditório que, ao mesmo tempo, será o piso da Tenda da Paz. O Templo maior da Catedral Cristo Rei, dedicado às celebrações especiais, ficará no centro da Praça das Famílias e poderá receber aproximadamente cinco mil fiéis.


Gestos de amor são decisivos para o avanço das obras

O casal Balbino Vieira da Rocha e Teresinha Martins Rocha, juntos há 47 anos, concluiu a adesão ao Projeto Praça das Famílias recentemente. Com todas as doações realizadas, o casal garantiu uma bonita homenagem aos seus seis filhos: o sobrenome Martins Rocha estará para sempre no grande Rosário da Praça das Famílias.

Balbino e Teresinha acompanham a evolução das obras da Catedral Cristo Rei a partir da Revista Faço Parte e já planejam uma visita à Tenda Cristo Rei, no canteiro de obras da Catedral Cristo Rei. Eles integram as comunidades de fé da Paróquia Santa Teresa e Santa Teresinha e se dedicam aos muitos trabalhos de evangelização. Passaram a contribuir com o Projeto Praça das Famílias a partir de um pedido do padre Márcio Ribeiro.

“Nós aderimos ao Projeto Praça das famílias para perpetuar o nome da nossa família nesse lugar santo e sagrado.

Foi importante reunir nossos filhos para dizer da nossa decisão de homenageá-los. Colocar o nome da nossa família nas contas do Rosário também é uma forma de evangelizar”, explica Teresinha. “Para nós, é muito importante que nossos filhos saibam do nosso gesto e que no futuro eles possam ir à Catedral, rezar e dizer: ‘Foi a mamãe e o papai que fizeram isso por nós’. Queremos que eles sempre se lembrem de nós como pais”.



Arquidiocese de Belo Horizonte | Paróquia Santo Antônio Vila Belém

Rua Sidônia, 185 - São Salvador | Belo Horizonte

(31) 3477-6031

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram