Buscar

Jesus no Deserto - 1º Domingo da Quaresma

Palavra de Deus Mc 1,12-15

As tentações de Jesus nos inspiram a avançar em direção à nossa verdade profunda, e nos desperta a consciência dos nossos limites físicos, emocionais, espirituais com a certeza de que caminhamos em direção à plenitude da Criação, para um dia vibramos com todas as criaturas do universo no espírito do amor.


Como estou vivendo o "Deserto", que sempre teve um ligar especial na vida de Jesus?


E neste Tempo Quaresmal, em que somos convidados a nos deixar conduzir pelo Espírito Santo e valorizando o Silêncio Orante, o Jejum e a Esmola?



Numa experiência de deserto, a pessoa percebe a necessidade da renúncia de todos os seus falsos alicerces, para que ela possa se firmar em Deus.


A passagem pelo deserto é uma graça. A solidão e o silêncio favorecem a descoberta do essencial em nossas vidas..


A experiência de Jesus no deserto é uma escola para nós. Ao entrar no deserto, ele foi tentado com as três compulsões do sistema do mundo: ser capaz de tudo, ser milagreiro e ser onipotente. O deserto é uma verdadeira escola do absoluto para quem se faz fiel discípulo e discípula no encontro com o Senhor, pois tem sempre em seu horizonte a PALAVRA VIVA.


O que esta Palavra do Evangelho diz para mim, pessoalmente?


O que ela me faz dizer a Deus?

Arquidiocese de Belo Horizonte | Paróquia Santo Antônio Vila Belém

Rua Sidônia, 185 - São Salvador | Belo Horizonte

(31) 3477-6031

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram